Equipe do Ministério da Educação de países da África fazem visitam técnica ao Centro de Mídias da Seduc

Equipe do Ministério da Educação de países da África fazem visitam técnica ao Centro de Mídias da Seduc

b_576_498_16777215_00_images_nigeria.jpg

Equipe composta por membros do Ministério da Educação da África Sul e da Secretaria de Educação da Nigéria e Bangladesh, além de técnicos do Banco Mundial estiveram conhecendo na tarde de ontem o Centro de Mídias de Educação da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc), quando foram recepcionados pelo secretário Rossieli Soares da Silva.

Na ocasião, a equipe formada por 13 educadores e técnicos interagiram com os estudantes do ensino fundamental de três mil comunidades rurais, presentes em todos os 62 municípios amazonenses. Entre a equipe do Banco Mundial estavam presentes o nigeriano Olatunde Adekola, especialista em educação, Abul Azd, coordenador de Avaliação de Impacto e Robert Garlick, professor associado da Duke University.

O nigeriano Olatunde Adekola destacou que foi uma experiência extremamente positiva conhecer o Centro de Mídias da Seduc. “Nunca imaginei que no coração da Amazônia pudesse existir algo tão grandioso e fantástico. A nossa realidade na Nigéria é muito parecida com a do Estado do Amazonas em relação à falta de conectividade. Certamente, vamos copiar esse programa de sucesso para desenvolver e levar educação as nossas crianças que atualmente não têm acesso”, ressaltou.

Bruno Santos, da Fundação Leman, disse que a equipe está buscando modelos de projetos com tecnologia para lugares mais remotos, que também têm carência de internet. “O intuito é levar educação de qualidade utilizando-se soluções tecnológicas. E o Centro de Mídias, nesse sentido, é um grande modelo”, destacou.

O secretário da Seduc, Rossieli Silva, destacou que o Centro de Mídias está se consolidando ano a ano como um case mundial de como utilizar a tecnologia como uma grande ferramenta para se levar educação a lugares remotos. “Na semana passada recebemos aqui no Centro de Mídias a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil é Liliana Ayalde. Nesta semana, tivemos a equipe da Google que veio da Califórnia e hoje estamos recebendo esta comitiva da África. É um motivo de grande orgulho e também de muita responsabilidade receber todas essas pessoas aqui, que sempre ficam extasiados com o modelo do Centro de Mídias”, disse.

 

Aulas via satélite

O Centro de Mídias de Educação está localizado no bairro do Japiim (zona centro-sul de Manaus) em prédio anexo à Seduc e está equipado com sete estúdios de TV de onde uma equipe especializada de professores ministra as aulas que são transmitidas diariamente via satélite e acompanhadas pelas comunidades rurais amazonenses.

Para que os estudantes tenham acesso às aulas ministradas a partir do Centro de Mídias, o Governo do Estado contratou serviço especializado de comunicação via satélite nas comunidades rurais em que há o projeto.

O conteúdo das disciplinas é ministrado em módulos e a carga horária é a mesma do ensino padrão, com 800 horas/aula anuais, conforme prevê a Lei 9.394/96, de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

Você está aqui: Notícias Equipe do Ministério da Educação de países da África fazem visitam técnica ao Centro de Mídias da Seduc