Instituído pela Seduc, grupo de matemáticos capacitará professores no interior do Amazonas

Instituído pela Seduc, grupo de matemáticos capacitará professores no interior do Amazonas

b_344_258_16777215_00_http___www.educacao.am.gov.br_wp-content_uploads_2013_07_15.jpgO Grupo de Trabalho em Matemática da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizará de 29 a 31 de julho formação para aproximadamente 60 professores da rede estadual e municipal do Município de Novo Airão, a 180 quilômetros de Manaus. A capacitação é uma continuação do trabalho iniciado no início do mês, por meio do Centro de Mídias da Seduc. 

O objetivo é trabalhar com os educadores da capital e do interior, formas de melhorar o ensino e aprendizagem em escolas com baixo desempenho em Matemática. Segundo um dos membros do GT, o professor de Matemática Eriberto Façanha, após identificação das escolas com desempenho baixo na disciplina, o grupo se desloca até o município, para trabalhar com os educadores.

Na formação do início do mês, aproximadamente 1,3 mil professores da rede estadual e municipal (capital e interior) participaram da formação, por meio do Centro de Mídias. Nessa segunda etapa, o GT de Matemática vai se deslocar até as escolas, no interior.

“Como algumas escolas estão participando também do Programa de Intervenção Pedagógica do Amazonas (Pipa), precisamos fazer esse trabalho mais de perto”, explica Eriberto Façanha. O Pipa é uma ação da Seduc que oferece assessoramento didático e pedagógico a escolas com desempenho educacional limitado em Língua Portuguesa e Matemática.

O trabalho em Novo Airão será realizado por três professores, em três escolas diferentes. O professor Nilo Sena será o responsável pelo treinamento dos educadores que trabalham com o 5º ano do ensino fundamental, Eriberto Façanha com os profissionais do 9º ano do ensino fundamental e Aldemir Malveira com o ensino médio.

O professor de Matemática Eriberto Façanha explica que, após identificação das escolas com desempenho baixo na disciplina, o grupo se desloca até o município, para trabalhar com os educadores

O professor de Matemática Eriberto Façanha explica que, após identificação das escolas com desempenho baixo na disciplina, o grupo se desloca até o município, para trabalhar com os educadores

De acordo com Eriberto, a qualidade da formação dos professores não é a única causa, mas tem sim relação com o nível de aprendizado dos alunos em Matemática. “Com certeza, é uma das variáveis”, afirma o educador. “Passamos por contínuas transformações, então o professor precisa está em constante formação”, acrescenta Aldemir.

Além de Novo Airão, mais 30 municípios estão no cronograma de trabalho do GT de Matemática, totalizando 71 escolas, somente da rede estadual. Em Manaus, professores do ensino médio de 27 escolas vão participar da formação oferecida pela Seduc por meio de seu GT de Matemática.

 Grupo

O GT de Matemática foi criado no último mês de abril, após a realização do 8º Encontro Estadual de Gestores, realizado em Manaus. Idealizado pelo secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, o grupo foi instituído com o objetivo de valorizar os saberes dos profissionais da Secretaria e oportunizar o debate amplo entre professores. “A ideia é sugerir metodologias eficientes para o ensino da Matemática na rede pública”, indicou o secretário.

“Sempre foi o sonho da gente, professores de matemática, poder ter um grupo formado por profissionais da disciplina responsável pela capacitação de matemáticos”, diz o professor Nilo Sena, integrante da equipe de formação.

Antes da criação do GT, as formações de professores de matemáticas eram realizadas por pedagogos. “É claro que os pedagogos faziam um bom trabalho. Mas ter matemáticos falando com matemáticos torna melhor o trabalho, pois é possível fazer abordagens tratando de conteúdos específicos da área”, justifica o professor Aldemir.

O GT de Matemática é formado pelos professores: Eriberto Façanha (Gerência de Ensino Fundamental); Nilo Sena e Aldemir Malveira (Gerência de Ensino Médio); Oscar Reis (Centro de Formação Padre José de Anchieta/Cepan); Rogério Jacinto e Ieda Câmara (Centro de Mídias); Ana Paula Tavares e Jander Freitas (Gerência de Avaliação e Desempenho); e Henok Galvin (Gerência de Sistema de Informação).

Grupo de Trabalho é formado por matemáticos pertencentes ao quadro técnico da Seduc.

Grupo de Trabalho é formado por matemáticos pertencentes ao quadro técnico da Seduc.

Para os membros do GT de Matemática, a formação dos professores resultará numa preparação maior dos estudantes para avaliações como a do Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional do Amazonas (Sadeam).

Conforme cronograma, após Novo Airão, o próximo município que receberá o trabalho do GT de Matemática será Apuí.

Outras cidades que receberão a formação: Alvarães, Anori, Barreirinha, Benjamin Constant, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Carauari, Careiro, Careiro da Várzea, Coari, Eirunepé, Fonte Boa, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Maraã, Maués, Nhamundá, Parintins, Santa Izabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Tefé e Tonantins.

Você está aqui: Notícias Instituído pela Seduc, grupo de matemáticos capacitará professores no interior do Amazonas