Ampliando o acesso à tecnologia em sala de aula, SEDUC lança plataforma Saber +

Ampliando o acesso à tecnologia em sala de aula, SEDUC lança plataforma Saber +

b_600_400_16777215_00_images_imagem_2.jpg

 

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), em parceria com a Escola Digital, a Fundação Telefônica Vivo, o Instituto Natura e o Instituto Inspirare, lançou, na manhã desta quarta-feira (24), a plataforma Saber +, que disponibiliza mais de doze mil conteúdos pedagógicos digitais, com indicações de vídeos, games, animações, videoaulas, infográficos e mapas, categorizados por disciplina, série, tema, tipo de mídia e idioma para as escolas da rede pública estadual de ensino. A plataforma é destinada a professores, gestores, estudantes e seus familiares, inovando e dinamizando o ensino dentro e fora da sala de aula.

O lançamento aconteceu no auditório do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), localizado na avenida Waldomiro Lustoza, nº 350, bairro Japiim, Zona Sul de Manaus, e contou com a presença do secretário de Estado de Educação, Algemiro Ferreira Lima; da coordenadora do Projeto Escola Digital, Sara Faleiros, e da representante da Fundação Telefônica Vivo, Instituto Natura e o Instituto Inspirare, Mila Gonçalves.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Algemiro Ferreira Lima, a plataforma trará muitos benefícios para estudantes e professores, favorecendo o aprendizado. “A tecnologia tem sido uma importante aliada em sala de aula, e com mais essa ferramenta poderemos aperfeiçoar o trabalho que já vem sendo desenvolvido nas escolas da rede pública estadual e garantir um nível maior de aprendizado dos nossos jovens. Além disso, a grande vantagem da plataforma é possibilidade de interação das escolas estaduais do Amazonas com outros estados do Brasil”, afirmou o titular da pasta.

b_600_477_16777215_00_images_secretsrio.jpg

“A tecnologia tem sido uma importante aliada em sala de aula, e com mais essa ferramenta poderemos aperfeiçoar o trabalho que já vem sendo desenvolvido nas escolas da rede pública estadual”, afirmou o titular da pasta, Algemiro Ferreira Lima.

Com a assinatura do termo de parceria entre a SEDUC e as demais instituições, a plataforma passa a beneficiar aproximadamente de 442 mil alunos; 19 mil professores e 589 escolas, sendo 228 na capital. Além disso, o Amazonas torna-se o primeiro Estado que terá a plataforma customizada, lançada no novo layout da Escola Digital, no qual está ainda mais fácil do professor utilizar os objetos digitais em sala de aula.

Para a gerente de Mídias e Conteúdos Digitais da SEDUC, Sabrina Araújo, a plataforma é composta de conteúdos que servirão para auxiliar os professores e facilitar o processo de aprendizagem do aluno.

“Essa parceria é muito importante e representa um marco para nós do Centro de Mídias de Educação, porque temos muito a contribuir com a educação, no sentido de ofertar esses conteúdos e objetos digitais de aprendizagem. A definição do ‘Saber +’ é bem simples. Trata-se de uma plataforma de conteúdos digitais composta por um acervo multimídia, áudios, infográficos, jogos, livro digital, entre outros conteúdos. Com a parceria firmada, gestores, professores, alunos, coordenadores e comunidade em geral podem utilizar a ferramenta, porque é uma plataforma aberta que possui importantes vantagens, como auxiliar o professor no planejamento de seu conteúdo, facilitar a aprendizagem do aluno e integrar os departamentos e setores para que estejam em sintonia”, explicou Sabrina Araújo.

b_600_400_16777215_00_images_secretsrio_2.jpg

Benefícios

Totalmente gratuita, a plataforma possibilita aos estudantes, professores e gestores um acervo de recursos digitais de aprendizagem que reúne os melhores conteúdos da Internet. Para utilizar a plataforma, o usuário pode realizar um cadastro, o que amplia as suas possibilidades de criar ferramentas, planos de aula, listas e grupos para compartilhar conteúdos. Além disso, é possível ter acesso a listas de recursos digitais já organizados por outros usuários, bem como acessar o conteúdo off-line após o cadastro.

Segundo a coordenadora do Projeto Escola Digital, Sara Faleiros, a parceria com a SEDUC é algo extremamente positivo, principalmente pelo trabalho que é desenvolvido pela Secretaria, tendo como aliada a tecnologia.

“Estamos muito felizes com a parceria firmada com a SEDUC, porque é uma rede de ensino que enxerga a tecnologia como algo muito potente para mudar a forma como a educação é vista. Já temos conhecimento de várias iniciativas que levam a tecnologia para a sala de aula, fazendo com que as videoaulas cheguem até os alunos”, ressaltou Sara Faleiros.

Ainda de acordo com a coordenadora do Projeto Escola Digital, são inúmeros os benefícios da utilização da plataforma, fortalecendo os mecanismos de ensino no Amazonas. “Os benefícios da plataforma são positivos tanto para a SEDUC quanto para a Escola Digital, visto que a Secretaria tem a opção de personalizar a utilização dessa ferramenta, criando, por exemplo, filtros próprios dos produtos e dos objetos desenvolvidos pelo órgão e disponibilizando aos seus professores de forma mais organizada. Para nós, a vantagem está na possibilidade de também ter acesso aos conteúdos que estão sendo produzidos no Amazonas, tornando o nosso acervo muito mais diverso e sendo compartilhado com o País inteiro”, explicou a coordenadora.

Escola Digital

Criada em 2013 pelo Instituto Inspirare, Instituto Natura e pela Fundação Telefônica Vivo, a Escola Digital contempla todos os componentes curriculares da educação básica, com recursos selecionados pela “TIC Educa”, empresa especializada em pesquisar e desenvolver soluções para aulas interativas inovadoras, utilizando os mais modernos recursos tecnológicos para garantir alta qualidade pedagógica e que está responsável pela curadoria do projeto Escola Digital.

Inteiramente gratuita, a Escola Digital é acessada por redes estaduais, municipais, escolas públicas e privadas de todas as regiões do Brasil.

Beneficia os educadores ao facilitar o acesso de escolas e redes de ensino a materiais educativos capazes de enriquecer e dinamizar as práticas pedagógicas. Os alunos ganham ao ter acesso à ferramenta porque conseguem aprofundar seus estudos e compartilhar com familiares ou responsáveis o progresso da sua educação.

Você está aqui: Notícias Ampliando o acesso à tecnologia em sala de aula, SEDUC lança plataforma Saber +